Mas por que, Verona?

Olááá, tudo bem? Não tinha como eu não estar com saudade desta TAG. Há muito tempo atrás, assisti á um filme que tem grande popularidade: Cartas para Julieta. Confesso aqui que não sou a maior fã de romances, que é o gênero desta obra como o seu nome já lhe faz supor. Mas, querendo agradar á minha mãe de sangue italiano totalmente viciada no estilo água com açúcar, acabei vendo. Além de uma história muito envolvente, o cenário onde se passa foi o que me atraiu mais a atenção. E como não? As áreas descampadas ou cobertas por uma vegetação linda encontram-se no espaço não ocupado pelas cidadezinhas cheias de personalidade. O ambiente é tão inspirador que deu origem á um clássico magnífico da literatura: Romeu e Julieta. Por isso e muitas outras coisinhas acredito que Verona seja um dos meus destinos 

Verona e seus arredores apresentam uma herança cultural carregada, e esta ainda é disseminada. São muitos os visitantes que vem dos mais diversos lugares e que se entregam a atração de caminhar por aquelas ruas e ver as construções antigas se misturando com as atuais. Um exemplo é o anfiteatro romano Arena, mais antigo que o Coliseu, localizado na Piazza Brà, onde ocorrem apresentações de ópera.

O contraste entre a modernidade e as épocas antigas também está presente na Piazza delle Erbe. Lá encontram-se construções medievais cor-de-rosa (que são características de Verona), assim como a Fonte de Madonna Verona e um grande mercado popular localmente.

Como uma paisagem em si não padronizada, é possível encontrar algo ao mesmo tempo exótico e deslumbrante. No caso, o Giardino Giusti é um jardim com labirintos e figurar mitológicas que rendem um ótimo passeio tanto para se relaxar e apreciar a paisagem quanto para se divertir acompanhando os caminhos formados por flores e arbustos. Só de imaginar, já queria estar lá 

A famosa Casa di Giulietta é talvez um dos mais famosos pontos turísticos da cidade. Tem em sua entrada mensagens deixadas pelos viajantes, e estas são geralmente apelos ou agradecimentos românticos. Além disso, pode se visitar o balcão da casa dos Capuleto, local onde Julieta teria aparecido para Romeu.

Todo comentário sobre essa cidade não é dispensado e, mesmo sendo muitos, não chegam a demonstrar tudo a respeito de Verona. 🙂

E aí, já viu o filme? Conhecia esta cidade? Quer sugerir algo? Fale para mim nos comentários ou no twitter. Espero que gostem *-*

Beijos, micoelho

Anúncios

Um comentário sobre “Mas por que, Verona?

  1. Eu assisti o filme também e me vejo fácil viajando para Verona… Ela parece ser super calma, romântica. Parece nê?! Temos que visitar para saber. rs

    Ah! Como assim Mi, estou de volta e você ainda não foi conferir minhas novidades no blog?! 🙂 hehehehe
    Espero sua visita!
    hUg!
    ★ André Hottër

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s